terça-feira, março 26, 2019

*SILÊNCIO UE FALA


Dia Internacional da Poesia

*Silêncio que Fala ,

Todo silêncio ao coração contrito
Olhei no teu olhar sem emoção
Entrei em tua alma feito furacão
Vasculhei teu céu não vi o grito.

Não vi teu grito, mas vi penumbra,
Solidão sem palavra, sem testemunha,
Corroendo o tempo, fazendo grunha,
Abrindo valas como canto em rumba.

Este silêncio embotando a alma
Faz moradia, me consome fria,
Quisera um naco da cronologia
Pra burlar o tempo ofertar a palma.

Pudera ser a luz que rompe treva
Alumiar o templo, chegar a ti,
Nas palavras escrever que te vi
Sem o invólucro erguendo a leva.

Na face contrita teu olhar amante
Qual um telão rijo, emoldurado,
Nenhum sorriso eu vejo abortado
Só o silêncio envolve cada instante.

terça-feira, janeiro 01, 2019

*ESTAMOS AQUI 2019



*Estamos Aqui 2019 

Esperando mudanças nesta hora
Quando os olhos se voltam aqui
No presente, e venha sem desforra
Do passado instigando o porvir

Que teima em não ser grande luz
Aninha em suas asas, só parceiros
Despreza noutros tantos uma cruz
Árdua para lutar esses guerreiros

Que a miopia, dois mil e dezenove,
Deixe a carcaça crosta rotineira,
Milenar, cavando sucos e chove
Abundância aos picos em asneira.

Abra suas asas aos famintos ali
Amenize a dor do irmão á sorte
Na mesa o pão com a falta do sorrir
Da educação seja guia e consorte

Há, dois mil e dezenove és número
Mas és tempo desatinado ao poder
És rédea, força, cédula, és consumo
E mais ainda tens a força do querer.

Esperamos a cada virada, sorriso
Confiança na mesma espécie, bem
Braços abertos em tempo preciso
Aplauso sincero a cada ano que vem.

Feliz 2019 com o coração liberto
De mãos dadas e o olhar desperto.