sexta-feira, julho 06, 2007

*ENTRE A LÁGRIMA E O SORRISO*


*Entre a Lágrima e o Sorriso*
*****
A lágrima é meu sentimento maior
Manifesta-se rápida sem medo
Cai fácil ao mais simples lampejo
Faísca lentamente, rola sem pejo

Desfila na face ante uma saudade
Banha o coração ao desencanto
Mas, sorri mesmo em desalento
Se um afago for consolo no momento

Ambas são amigas inseparáveis
Um sorrir no êxtase do encanto
Outra com a mesma intensidade clama
E misturam-se no sal e doce pranto

Caminham, na mesma direção
Com a mesma veneração exata
Quando na face banha o pingo farto
O sorriso dá a mão, consolo grato

É neste deserto que a menta vivencia
O sorriso largo e franco usado dia a dia
A lágrima como alento, engano, fantasia
Não viverei sem ambas, é asilo e franquia
*****
Sogueira

Um comentário:

ary disse...

Parabéns, um belíssimo poema sem duvida alguma. Adorei tudo que aqui li, deixo meu abraço e meu carinho. Ary.........
http://romanesco.blog.terra.com.br/